top of page
6135157-estilo-icone-da-igreja-gratis-vetor.jpg

Seminário Propedêutico Diocesano São João Paulo II

  • O que é o Seminário Propedêutico?

“Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração” (Jr 3,15)

 

“O DOM DA VOCAÇÃO ao presbiterado, conferido por Deus no coração de alguns homens, exige da Igreja propor-lhes um sério caminho de formação; como recordou o Papa Francisco por ocasião do seu discurso à Congregação para o Clero (03 de outubro de 2014) reunida em Plenária, “trata-se de conservar e desenvolver as vocações, para que produzam frutos maduros. Elas constituem um “diamante bruto”, que deve ser trabalhado com habilidade, respeito pela consciência das pessoas e paciência, para que resplandeçam no meio do povo de Deus” (Ratio, n. 1).

A Diocese de Eunápolis procura oferecer aos seminaristas um tempo propício de discernimento e conhecimento da vocação presbiteral. Essa etapa da formação aos candidatos ao Sacerdócio deve assentar sólidas bases para a vida espiritual e favorecer um maior conhecimento de si para o crescimento pessoal. A formação privilegia algumas dimensões essenciais: a dimensão humano-afetiva, a dimensão comunitária, a dimensão espiritual, a dimensão intelectual e a dimensão pastoral-missionária.

A partir do novo documento da formação presbiteral (Ratio Fundamentalis Institutionis Sacerdotalis, de 2016) o Seminário Propedêutico se tornou uma etapa necessária e obrigatória, tendo identidade e proposta formativa específicas. “O propedêutico é uma etapa formativa indispensável, com uma especificidade própria. O objetivo principal consiste em assentar sólidas bases para a vida espiritual e favorecer um maior conhecimento de si para o crescimento pessoal. Este é um tempo propício para um conhecimento inicial e sumário da doutrina cristã, através do estudo do Catecismo da Igreja Católica, e para o desenvolvimento da dinâmica do dom de si na experiência paroquial e caritativa” (Ratio, n. 59).

A formação dos futuros Sacerdotes inicia-se com a entrada dos vocacionados no Seminário Propedêutico, ou seja, um período de preparação para as etapas do “discipulado – Filosofia” e da “configuração – Teologia”. Depois de terem sido acompanhados pela SAV – Serviço de Animação Vocacional, os candidatos ingressam no seminário para, durante um ano, fazerem uma experiência de vida comunitária e pastoral, procurando um maior discernimento vocacional. O Seminário propedêutico possibilita ao candidato um auxílio para que ele possa desenvolver as qualidades e aptidões humanas, cristãs e apostólicas em vista de sua opção. Assim, qualificá-lo para o ingresso no Seminário Maior. 

Os seminaristas vivem uma agenda de constantes atividades, são acompanhados pelo padre reitor e diretor espiritual, além de vários professores. As disciplinas lecionadas são: Catecismo da Igreja Católica, Metodologia de Estudo, Vocação Sacerdotal, Introdução as Sagradas Escrituras, Introdução a Liturgia, Português, Espanhol, Introdução à Vida Espiritual, Formação Humana, Introdução a Filosofia, História/Geopolítica, Latim. Além do acompanhamento por uma psicóloga e momentos de fraternidade/convivência, e de organização do ambiente formativo.

O Seminário Propedêutico da Diocese de Eunápolis se chama São João Paulo II, o papa responsável por erigir a nossa diocese e nomear o primeiro bispo. Nossos vocacionados ao ministério sacerdotal são convidados por meio do seu testemunho e santidade a se entregarem a Cristo e sua Igreja. Para ingressar no Seminário é necessário um acompanhamento prévio feito por meio dos encontros vocacionais, pessoais e que tenham terminado o ensino médio. Esta casa formativa é a primeira etapa da formação para os jovens vocacionados a partir dos 18 anos. Este período é de um ano, onde o jovem tem aulas, oração diária pessoal e em comunidade, direção espiritual, lazer e outras atividades. O propedêutico possui um padre reitor, um diretor espiritual. Recebe o auxílio de padres e leigos para formação acadêmica. Também é disponibilizado acompanhamento psicológico para todos os seminaristas. Terminado esse período os jovens são encaminhados para o Seminário Maria Mater Ecclesiae do Brasil, na cidade de Itapecerica da Serra-SP, e assim, cursarem os 3 anos de filosofia e 4 anos de teologia.

“Cada seminarista é o protagonista da própria formação e é chamado a um caminho de constante crescimento no âmbito humano, espiritual, intelectual e pastoral, levando em consideração a própria história pessoal e familiar. São chamados individualmente e como grupo, a demonstrar – não somente comportamento exterior – haver interiorizado um estilo de vida autenticamente sacerdotal, na humildade e no serviço aos irmãos, sinal da escolha amadurecida de quem está a seguir Cristo de modo especial” (Ratio, n. 130-31).

O Propedêutico é o primeiro estágio da formação sacerdotal e de intimidade com Deus e com os irmãos. Depois de terem sido acompanhados pela SAV – Serviço de Animação Vocacional, os candidatos ingressam no seminário para, durante um ano, fazerem uma experiência de vida comunitária e pastoral, procurando um maior discernimento vocacional. É também um ano de estudos, com o objetivo de preparar os seminaristas para o curso de Filosofia.

  • Como ingressar?

Se você também quer participar desta alegria, o primeiro passo é este: fale com seu pároco e frequente os encontros vocacionais que acontecem durante todo o ano em nossa diocese. A um sacerdote responsável por acompanhar os jovens que aspirem e desejem discernir o chamado. O mesmo faz parte da equipe formativa do Seminário sendo o Diretor Espiritual e Coordenador da SAV – Serviço de Animação Vocacional da Diocese de Eunápolis.

  • O Brasão (e seus elementos)

WhatsApp Image 2020-09-23 at 13.46.36.jp

No Brasão do Seminário Propedêutico São João Paulo II da Diocese de Eunápolis-BA, Costa do Descobrimento do Brasil, figuram três elementos da Heráldica Eclesiástica: a Cruz (chamada cruz hastil), o escudo e o listel (faixa que circunda o Brasão). Por causa da Padroeira Diocesana figura ainda, um quarto elemento: uma coroa real imperando sobre o brasão e abaixo da cruz.

A CRUZ HASTIL: Lembra a Cruz processional que precede as procissões da Igreja. O seguimento de Nosso Senhor Jesus Cristo é que direciona e guia a Paróquia. Feita em jalde (ouro), quer simbolizar a realeza e o poder de Cristo.

A COROA: De jalde (ouro) cravejada de pedras em goles (vermelho), imperando no brasão como timbre simboliza a coroa de Nossa Senhora Auxiliadora. Maria é Rainha por causa da realeza de seu Filho Jesus Cristo Rei do Universo e dos corações dos homens.

ESCUDO: Em formato oval e emoldurado por uma cartela recortada de jalde (ouro), o escudo é dimidiado pelos brasões da Diocese e do Santo Padroeiro. À destra surge um campo de goles (vermelho) carregado em chefe de uma estrela de argento (prata) com seis raios simbolizando Maria a “Stella Matutina” – Estrela da Nova Evangelização. Esta é acompanhada de duas cruzes dispostas em faixa e uma cruz situada no centro de um mantel de blau (azul) perfilado de prata. Consoante o Título Marial, as cruzes aludem aos cristãos que têm o Auxílio de Nossa Senhora, tanto na vida espiritual como na vida temporal, inquestionável para a Salvação das suas almas.

Por isso, as cruzes estão sobre as duas cores e são trinas em alusão à Santíssima Trindade. Aludem também, as três caravelas do descobrimento do Brasil: Santa Maria, Pinta e Nina, trazendo os primeiros Evangelizadores. À sinistra, há um campo de blau (azul), com uma cruz latina de jalde (ouro) partida ao centro, acompanhada de uma letra M do mesmo, no cantão sinistro da ponta. O campo de blau representa o firmamento celeste e ainda o manto de Nossa Senhora. A cruz de jalde (ouro) é o instrumento da salvação de todos os homens e representa Jesus Cristo. A letra M em jalde (ouro) representa a Virgem Maria, que é a principal intercessora do gênero humano, e esteve todo o tempo junto à cruz de seu Filho (João 19, 25-27).

O LISTEL: Em argento (branco), perfilado de jalde (ouro) e circulando todo o escudo, traz em sable (preto) a identificação literal do Seminário e da Diocese.

Criação e descrição heráldica: Pe. Diego Oliveira Reis

Reitor do Seminário:

PE RAMON.png

PE. RAMON LIMA DO NASCIMENTO

Nasc. 12/11/1992

Ord. 24/03/2021

Animador Vocacional

WhatsApp Image 2022-12-04 at 13.30.41.jpeg

PE. JOSÉ RAIMUNDO A. DE JESUS

Nasc: 16/08/1991

Ordenação: 04/12/2020

Seminaristas Diocesanos:

NOS ESTUDOS PROPEDÊUTICOS

20230315_151727_2.jpg
1678905336493-01_2-01.jpeg
20230315_151822_2.jpg

Rafael Pereira de Oliveira

Nasc. 03/10/2000

1º Ano Propedêutico

Maycon Luan Santos Pereira

Nasc. 17/09/1999

1º Ano Propedêutico

Alex Victor Barreto dos Santos

Nasc. 29/04/2002

1º Ano Propedêutico

NOS ESTUDOS ACADÊMICOS:

pedro henrique.png

Pedro Henrique Pereira  Paulo dos Santos 

Nasc. 09/02/2003

1º Ano de Filosofia

José Luiz.png

José Luiz Alencar Gomes​

Nasc. 18/01/1994

3° ano de Teologia

SEM. HENRIQUE.png

Henrique Pires da Motta

Nasc. 03/01/1996

4° ano de Teologia

  • Quer ajudar?

“Há mais felicidade em dar que receber” (At 20,35)                                                                   “Deus ama quem dá com alegria” (2 Cor 9,7)

Fomos motivados por Jesus e assim queremos ser também: motivadores das vocações. Ser generoso com a Obra de Deus é mostrar que a esperança em Deus nunca nos decepciona. Colabore através da sua oração, de sua doação e faça parte também desta obra vocacional. Afinal, somos uma Igreja Vocacional.

  •    Contatos:


Reitor:

Pe. Ramon Lima do Nascimento


Diretor Espiritual e Animador Vocacional:

Pe. José Raimundo Almeida de Jesus

Endereço: Caminho 06, nº 221, Alecrim I, Eunápolis - BA

E-mail: seminariodiocesanosaojoaopaulo@gmail.com

Visite as redes sociais do Seminário:

  • Instagram
  • Facebook
bottom of page