• Pascom

Celebração marca as comemorações dos 522 anos da Primeira Missa no Brasil





No dia 26 de abril de 2022, comemoração dos 522 anos da Primeira Missa no Brasil, toda a Diocese de Eunápolis: Nosso Bispo Diocesano Dom José Edson Santana Oliveira, Sacerdotes, Religiosos, Religiosas, Leigos consagrados, Membros das diversas pastorais, movimentos e serviços, comunidade Indígena Pataxó, se dirigiram para a praia de Coroa Vermelha, na Aldeia do Descobrimento, Santa Cruz Cabrália, onde está localizado o Monumento que marca o lugar da Primeira Missa no Brasil.

.

Participaram também do evento o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos; Primeira-Dama e Secretária de Administração e Planejamento, Laureen Lélis; Secretário Especial da Cultura do Governo do Presidente Jair Messias Bolsonaro, Hélio Ferraz; Secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, Lucas Jordão Cunha; Secretária Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, Jéssica Pinto Lima; Secretário nacional de Economia Criativa e Diversidade Cultural, Rafael Nogueira; Secretária nacional de Audiovisual, Jessyca Helen Ferreira; Secretário nacional de Desenvolvimento Cultural, Endrigo Claujan; Presidente do IPHAN, Larissa Rodrigues Peixoto; Secretária municipal de Turismo e Cultura de Belmonte, Tatiana Santana Campos; todos os secretários municipais e os vereadores Rita Soraia (presidente da Câmara), Luciano Monteiro, Horácio Novais, Girley Lage e Indiara Ferreira, lideranças e representantes do povo indígena pataxó.

.

Nesse lugar Santo, em memória desse grandioso evento de importância única para todo o Brasil, após dois anos mergulhados na pandemia e seus efeitos, celebramos novamente no marco da Santa Cruz a Missa de ação de graças.

.

Foi uma linda celebração onde pudemos ouvir a palavra do Evangelho, uma edificante homilia, cantos que elevaram nosso coração a Deus. Tudo isso com a alegria de saber que também nós somos história celebrando a mesma fé, o mesmo batismo, o mesmo evangelho e sustentados pela mesma Cruz. Nessa mesma ocasião a comunidade Indígena Pataxó fez homenagem á uma família pataxó que em menos de um mês perdeu dois parentes assassinados e pediram justiça e atenção das autoridades para essa terra.

.

Finalizando, o padre Luiz Arcangelo, pároco da Paróquia Sagrada Família, comunidade que tem a missão de guardiã desse lugar sagrado, agradeceu a todos. Havia uma sensação de alegria e paz por podermos realizar tão magnífico ato de louvor a Deus nosso Senhor. Com a benção do nosso Bispo Dom José Edson, partimos com o desejo de nos reunirmos novamente em 2023.

.

Créditos:

Texto - Pe. Luiz Eduardo Arcangelo De Oliveira

(Pároco da Paróquia Sagrada Família - Coroa Vermelha, Santa Cruz Cabrália)

Fotos cedidas pela Prefeitura Municipal de Santa Cruz Cabrália





53 visualizações0 comentário