top of page

Celebração marca as comemorações dos 522 anos da Primeira Missa no Brasil





No dia 26 de abril de 2022, comemoração dos 522 anos da Primeira Missa no Brasil, toda a Diocese de Eunápolis: Nosso Bispo Diocesano Dom José Edson Santana Oliveira, Sacerdotes, Religiosos, Religiosas, Leigos consagrados, Membros das diversas pastorais, movimentos e serviços, comunidade Indígena Pataxó, se dirigiram para a praia de Coroa Vermelha, na Aldeia do Descobrimento, Santa Cruz Cabrália, onde está localizado o Monumento que marca o lugar da Primeira Missa no Brasil.

.

Participaram também do evento o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos; Primeira-Dama e Secretária de Administração e Planejamento, Laureen Lélis; Secretário Especial da Cultura do Governo do Presidente Jair Messias Bolsonaro, Hélio Ferraz; Secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, Lucas Jordão Cunha; Secretária Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, Jéssica Pinto Lima; Secretário nacional de Economia Criativa e Diversidade Cultural, Rafael Nogueira; Secretária nacional de Audiovisual, Jessyca Helen Ferreira; Secretário nacional de Desenvolvimento Cultural, Endrigo Claujan; Presidente do IPHAN, Larissa Rodrigues Peixoto; Secretária municipal de Turismo e Cultura de Belmonte, Tatiana Santana Campos; todos os secretários municipais e os vereadores Rita Soraia (presidente da Câmara), Luciano Monteiro, Horácio Novais, Girley Lage e Indiara Ferreira, lideranças e representantes do povo indígena pataxó.

.

Nesse lugar Santo, em memória desse grandioso evento de importância única para todo o Brasil, após dois anos mergulhados na pandemia e seus efeitos, celebramos novamente no marco da Santa Cruz a Missa de ação de graças.

.

Foi uma linda celebração onde pudemos ouvir a palavra do Evangelho, uma edificante homilia, cantos que elevaram nosso coração a Deus. Tudo isso com a alegria de saber que também nós somos história celebrando a mesma fé, o mesmo batismo, o mesmo evangelho e sustentados pela mesma Cruz. Nessa mesma ocasião a comunidade Indígena Pataxó fez homenagem á uma família pataxó que em menos de um mês perdeu dois parentes assassinados e pediram justiça e atenção das autoridades para essa terra.

.

Finalizando, o padre Luiz Arcangelo, pároco da Paróquia Sagrada Família, comunidade que tem a missão de guardiã desse lugar sagrado, agradeceu a todos. Havia uma sensação de alegria e paz por podermos realizar tão magnífico ato de louvor a Deus nosso Senhor. Com a benção do nosso Bispo Dom José Edson, partimos com o desejo de nos reunirmos novamente em 2023.

.

Créditos:

Texto - Pe. Luiz Eduardo Arcangelo De Oliveira

(Pároco da Paróquia Sagrada Família - Coroa Vermelha, Santa Cruz Cabrália)

Fotos cedidas pela Prefeitura Municipal de Santa Cruz Cabrália





Comments


bottom of page